Dicas & Bem Estar

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

Modernidade e segurança? Tem como!

 

Por muito tempo as pessoas deixaram de apostar no uso do vidro por receio de perderem a privacidade e segurança. Porém, atualmente existem uma gama enorme de possibilidades de modelos de vidros e cores para qualquer tipo de projeto. Esse material em fachadas é uma excelente escolha para quem quer manter a interação do interior com o exterior do imóvel ou residencial. Outro ponto importante é a maior luminosidade do ambiente interno e a diminuição de gasto com energia elétrica, que por exemplo, pode ser oferecido pelo vidro laminado e afins.

O vidro é um produto multifuncional que pode ser aplicado na fachada de casas, apartamentos e empreendimentos comerciais.  Ele proporciona segurança e beleza aos projetos, além de oferecer vários benefícios ao ambiente interno.

 

4 motivos para apostar em uma fachada de vidro.

 

Aproveitamento da luminosidade

O vidro permite um maior aproveitamento da luz natural no ambiente, o que pode gerar, inclusive, menos gasto de energia. Sendo uma das principais tendências mundiais em decoração, não só pela economia dos recursos naturais, mas como forma de integração com o meio ambiente e conforto visual.

 

Facilidade de limpeza

A manutenção do vidro é simples e fácil, basta apenas utilizar os produtos certos. Está garantida a praticidade.

 

Beleza

O vidro agrega beleza de forma leve e traz modernidade ao projeto. É uma alternativa segura e elegante para substituir à altura os materiais tradicionais que estamos acostumados a ver, tanto em projetos residenciais quanto comerciais.

 

Durabilidade e resistência

Os vidros são feitos para durar para sempre porque não envelhecem ou estragam. Porém, é necessário realizar uma manutenção regular. Os vidros laminados e laminados temperados são os mais indicados para o uso em fachadas por causa de sua grande durabilidade e resistência.

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

Esquadrias podem ajudar a aquecer a casa no inverno

As esquadrias podem contribuir no conforto térmico do ambiente: ajudar a aquecer a casa no inverno e torná-la mais fresca no verão.

Por isso, uma das coisas a se analisar é a capacidade de vedação das esquadrias. Isto é fundamental para garantir o conforto térmico dos ambientes.

O principal aspecto a se considerar para escolher as esquadrias é o conjunto do material de fabricação e o sistema de fechamento da janela.

Janelas do tipo maxim-ar (que abre perpendicularmente ao caixilho) veda melhor do que uma de correr, o que ajuda a aquecer a casa no inverno.

O ferro apresenta o menor desempenho, porque é condutor térmico. Ele favorece a troca de calor entre os ambientes. Também apresenta vãos maiores entre suas peças móveis, facilitando a passagem de ar.

Já as esquadrias de alumínio têm bom custo-benefício. O alumínio também transmite calor, mas neste caso, contam com sistema de isolamento formado por borrachas ou cerdas entre as folhas. Isto ajuda a aquecer a casa no inverno, pois otimiza a vedação.

Para trocar as esquadrias com o objetivo de otimizar o conforto térmico pode custar caro, dependendo do tamanho do imóvel e da esquadria escolhida. Quem pretende fazer em etapas, o ideal é trocar, primeiro, as janelas de ambientes de maior permanência (exemplo: quarto e salas).

Continue acompanhando nosso blog! 😉

Fonte: Gazeta do Povo

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

Como limpar box de vidro?

 

Você sabe o que fazer para limpar box de vidro? O box de vidro pode acumular, eventualmente, espuma de sabão, resíduos de cosméticos, xampu e condicionador. A própria gordura corporal e as impurezas das mãos pode colaborar para o acúmulo de sujeira. Com o tempo, o vidro pode adquirir manchas.

Veja como limpar box de vidro!

  1. Coloque água e vinagre branco destilado (partes iguais) em um frasco de spray limpo.
  2. Pulverize esta solução nas partes internas e externas do box.
  3. Deixe por aproximadamente 30 minutos.
  4. Encha um balde com água e sabão adstringente.
  5. Com uma esponja embebida na água, limpe o vidro para remover o vinagre. (Não se esqueça de usar luvas de borracha e de limpar onde as portas se sobrepõem)
  6. Limpe, também, os trilhos. Uma dica é escová-los. Você pode usar creme dental branco para remover algum resíduo ali. Pulverize um pouco de vinagre neste local e enxague com água limpa.
  7. Seque o box com uma toalha limpa.

Veja também:

Cuidados com o box

Como escolher o box

A dica é muito simples e prática para o dia a dia da faxina de casa. Esperamos que goste!

Ainda não tem um box de vidro? Entre em contato conosco e peça um orçamento!

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

Mini jardim em potes de vidro: faça você mesmo

O mini jardim é a opção perfeita para quem quer ter plantinhas em casa ou no escritório, sem exigir muito tempo livre ou espaço! Você pode transformar potes, aquários, entre outros recipientes de vidro, em verdadeiras pequenas obras de decoração!

Para ter o seu mini jardim em potes de vidro você vai precisar de:

  • Substrato preparado com cerca de três partes de terra vegetal, duas partes de areia e uma parte de perlita
  • Pedrinhas ou cascalhos que melhor combinarem com a decoração da sua casa
  • Mudinhas de plantas suculentas, de preferência do mesmo tamanho, na altura apropriada para o recipiente escolhido
  • Enfeites como areia colorida, troncos, conchas e até pequenos brinquedos
  • Ferramentas de jardinagem ou materiais como colheres, pinças e pincéis para deixar a decoração do seu mini jardim perfeita
  • E claro… um recipiente de vidro! Mesmo pequenas, as plantas crescerão dentro do recipiente, por isso escolha um tamanho que sobre espaço

Para montar seu mini jardim…

  1. Lave bem o recipiente escolhido com água e sabão. Deixe secar completamente, para evitar que fungos e larvas se proliferem no local.
  2. Espalhe uma fina camada com pedrinhas e cascalhos no fundo, para fazer a drenagem em caso de excesso de água.
  3. Retire as plantas do vaso tomando cuidado para preservar o torrão original de terra em volta da raiz. Assim a planta se adapta melhor ao seu novo espaço.
  4. Complete aquela camada de terra até a altura desejada.
  5. Com as plantas bem fixas à terra, pressione levemente o solo em volta do tronco para que elas se acomodem melhor.
  6. Enfeite do seu jeito! De preferência cobrindo toda a terra.

Veja aqui dicas para ter flores na sua decoração!

Veja também ideias para reutilizar potes de vidro na decoração!

Prefira suculentas e cactos, já que não necessitam de tanta água e sol. Pois os recipientes são pequenos e não têm furos ao fundo.
Mini samambaias, peperômias, musgo tapete, barba-de-velho, gerânio morango, fitônia, Vale da Lua, cálamo e asplenium bulbiferium são outras boas opções. Você pode ter um mini jardim muito bonito e colorido!

Para o seu mini jardim ficar sempre em ótimas condições, não exagere na quantidade de água. Coloque seu mini jardim ao sol por um curto período, preferencialmente pela manhã. Regue somente quando o solo parecer seco e não exponha seu mini jardim a ventiladores e ar condicionados.

Fonte: Blog Fabiana Scaranzi 

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

Iluminação natural: qual é a importância?

A iluminação natural (luz solar), mais do que uma questão de estética, pode contribuir para a economia de consumo de luz artificial. Além disso, ambientes muito escuros favorecem a proliferação de bactérias e fungos, tornando-se uma questão de saúde. Ainda sobre saúde, a iluminação natural é um estímulo para o corpo humano!

Como e por que utilizar a luz natural?

Para ter maior aproveitamento da iluminação natural, é importante observar e analisar alguns fatores. São eles: o clima da região, a quantidade de luz que o lugar recebe e por quantas horas e orientação solar. Com tudo isso, você favorecerá, principalmente, a economia de energia elétrica, porque a luz será natural. Ainda, haverá redução no uso do ar condicionado, já que a iluminação natural não gera calor como as lâmpadas comuns. Por estes motivos, é importante que se observe todos os fatores com relação à posição dos cômodos da casa e onde baterá a luz.

No que a luz natural ajudará a minha saúde?

Para a saúde dos moradores, a iluminação natural contribui na produção de vitamina D, essencial para aqueles que passam parte do dia em ambientes fechados, pois melhora a absorção do cálcio, fortalecendo os ossos e a imunidade. A luz solar também colabora para o bom humor, pois produz serotonina, que equilibra o humor e traz sentimentos de felicidade, além de colaborar na perda de peso. Também alivia dores, melhora o sono e tem função antidepressiva. A luz natural colabora, ainda, para a visão, pois reproduz melhor as cores. Será muito vantajoso ler, cozinhar, enfim, fazer todas as tarefas do dia a dia na sua casa muito iluminada!

Você gostou da ideia e dos benefícios da luz solar na sua casa? Traga seu projeto para nós, faremos um trabalho de qualidade, aproveitando o melhor que a iluminação natural poderá te oferecer! Você pode pedir seu orçamento por e-mail!

Aproveite a primavera para fazer esta mudança na sua vida e na sua casa! É a estação do ano na qual a intensidade e quantidade da luz solar são maiores! Depois, veja estas dicas de decoração para realçar a iluminação natural na sua casa! Muito legal, não é?

Conheça nosso portfólio e inspire-se ainda mais. Estamos te esperando para realizar o seu sonho, deixar a sua casa linda e iluminada!

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

Cortinas para sala: saiba como escolher

Aprenda a escolher as cortinas ideais

Alguns pontos devem ser levados em consideração na hora de escolher a cortina para a sua sala. O material utilizado deve ser fácil de limpar e precisa se adequar ao efeito que você deseja dar ao ambiente.

O estilo do ambiente também precisa ser levado em consideração. Se sua sala for clássica, opte por tecidos mais nobres que tenham caimento e que se ajustem a um varão ou trilho. Já se você é adepta de um estilo contemporâneo e sua sala é mais moderninha, uma persiana pode compor muito bem esse ambiente.

Além de suas funções práticas, a cortina é parte da decoração e pode deixar tudo mais charmoso e harmonioso, é só saber combinar e soltar a criatividade.

Qual o modelo ideal para a sua sala?

Ter uma cortina na sala é essencial, disso você já sabe. Agora, qual modelo escolher? A designer de interiores Mariana Vigné, da Duplex Interiores, explicou as singularidades de cada modelo para te ajudar a escolher qual é mais adequada ao seu ambiente.

Varão

A maior vantagem dos varões é que eles são fáceis de instalar e têm um valor acessível. Segundo a designer de interiores, a cortina no modelo varão é perfeita para ambientes mais rústicos. Uma dica é optar por um varão em madeira.

Trilho

O modelo de trilho é o mais comum, mas exige alguns complementos para que o ambiente fique harmonioso. É preciso esconder o trilho com um bandô ou fazer um cortineiro de gesso para escondê-lo, sugere Mariana. Ter cuidado na hora de abrir e fechar essa cortina também é importante. Se você fizer um movimento muito rápido, a cortina pode sair dos trilhos.

Romana

A cortina no modelo romana é supercharmosa e chique. O único ponto negativo, segundo Mariana, é que é preciso ter espaço para quando ela estiver totalmente recolhida, geralmente o tamanho de um “gomo” dela. Se a sua sala for grande e tiver bastante espaço, a cortina romana é uma ótima indicação.

Rolô

“Bem simples, custo baixo e instalação simples e rápida!”, afirma a designer de interiores Mariana Vigné. Assim como a romana, ela precisa de um espaço maior para o recolhimento. Ela pode ser composta com uma cortina de tecido mais fluido para deixar o ambiente com um toque de charme.

Painel

A cortina em painel tem as mesmas características da romana. Quando elas estão fechadas são muito parecidas. A cortina painel funciona como uma porta de correr, ideal para quem não abre mão da praticidade. Uma dica legal que a Mariana dá é ornamentar a cortina com amarrações de fitas e detalhes nas molduras.

Persiana horizontal

Elas são práticas e as opções de cores, materiais e acabamentos são diversas. A designer de interiores diz que, apesar de sua versatilidade, elas não deixam o ambiente muito aconchegante.

Persiana vertical

Assim como as persianas horizontais, as verticais são versáteis e modernas. Se a sua sala tiver um ar mais contemporâneo, elas podem ser uma boa pedida!

Assim como cada modelo tem sua particularidade, as salas também têm necessidades diferentes. Agora cabe a você escolher qual cortina é a ideal para a sua sala ficar bonita e com a sua cara.

Cor: um fator que faz toda a diferença nas cortinas

A escolha da cor de qualquer objeto é uma decisão muito pessoal. No caso das cortinas para a sala não é diferente. Se você gosta de cores mais marcantes e escuras, pense em usá-las em detalhes na decoração, pois essas cores tendem a enjoar com o passar do tempo. Opte por tons neutros e claros nas cortinas, dessa forma sua sala ficará aconchegante e transmitirá calma. Se você quer bloquear a luz externa, não use cortinas escuras. Nesses casos é mais indicado utilizar um blackout com uma cortina por cima. A designer de interiores Mariana Vigné diz que os tecidos mais usados nas cortinas para a sala são linho, gaze de linho e voil.

Leia mais dicas de decoração

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

Decore a sua casa de maneira prática e linda para a Páscoa

Decoração de Páscoa para sua casa

decoração de páscoa deve ser elaborada com o objetivo de valorizar os principais símbolos e as tradições dessa data comemorativa. No mês de março, milhares de pessoas mudam o visual da casa para receber a páscoa, buscando inspiração no coelho, nos ovos, na cenoura, entre outros elementos. Confira a matéria e veja ideias inspiradoras!

Agora estamos na Páscoa e se você ainda está com dúvidas ou procura novas ideias para enfeitar a casa, confia algumas que podem te inspirar a deixar a sua casa ainda mais bonita. Existem diversas opções de decoração de Páscoa e muitos elementos que você pode usar para decorar.

decoração de páscoa com ovos de galinha

Os coelhos são sempre muito usados, seja por quem tem filhos ou não. Esses coelhos enfeitam desde guirlandas até toalhas de mesa e jogos americanos. Se você tiver crianças em casa, use e abuse de coelhos para fazer a caça aos ovos.

guirlanda com coelho para páscoa

Decoração de mesa para a Páscoa

A mesa onde você vai comer com a sua família e celebrar essa data tão especial também precisa estar com a decoração caprichada. Veja algumas inspirações:

decoração da mesa na páscoa
decoração páscoa mesa

decoração-de-pascoa-mesa

Decoração com casca de ovo

Uma coisa que as crianças adoram são essas cascas de ovos decoradas e sempre recheadas com guloseimas.

Decoração de Páscoa com casca de ovo 1

decoração páscoa com casca de ovo brigadeiro dentro

Decoração e enfeites de Páscoa com casca de ovo

Decoração de Páscoa com guardanapos

Já pensou em transformar o guardanapo em um lindo coelho? Pois saiba que isso é possível e lembre-se sempre que são nos pequenos detalhes que você vê a diferença.

Decoração de Páscoa com guardanapos aprenda a fazer

Decoração de Páscoa com guardanapos coelho

Decoração na escola

Por que não enfeitar a escola também de uma forma divertida? Seja dentro da sala de aula ou nos corredores, solte a imaginação e veja essas inspirações:

Decoração de Páscoa na escola bandeirinhas de cenoura
Decoração criativa

Se você procura algumas ideias bem criativas de decoração, confere só essas:

Decoração de Páscoa criativa arranjo de flores

Decoração de Páscoa criativa com guardanapos em forma de cenoura

Decoração de Páscoa criativa cupcakes e sobremesas

Confira mais algumas ideias de decoração

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

Como remover manchas de água dos vidros

Os depósitos de minerais como o cálcio, calcário, etc, podem causar manchas de água bastante desagradáveis em superfícies de vidro ou cerâmica  especialmente em cozinhas e casas-de-banho. Em seguida irá ver como remover estes pequenos resíduos.

COMO TIRAR MANCHAS DE ÁGUA DO VIDRO

Em primeiro lugar, nunca deverá usar produtos com cloro, lixívia ou ácidos. Se já tentou a típica água e sabão e não obteve resultados, experimente água quente e, em seguida, esfregue com uma esponja com vinagre branco. Depois, é só limpar o vidro com um pano limpo.

Um outro método cuja eficácia já foi testada é o misturar um pouco de detergente com álcool. Depois deverá enxaguar o vidro com água quente e, com um esponja, molhar a mistura e ir limpando o vidro. Depois do vidro ensaboado, enxaguar com água fria e deixar secar naturalmente.

Uma terceira forma: depois de esfregar o vidro e enxaguar, seque toda a superfície com um pano limpo e borrife com limpa-vidros.

 tirar manchas de água do vidro

LIMPEZA DO VIDRO POR CRISTALIZAÇÃO

Há quem recorra à cristalização do próprio vidro, lembre de usar bicarbonato de sódio na esponja.

Uma outra opção é misturar 1 copo de querosene e outro de álcool e sete copos de água. Basta misturar estes ingredientes e deixá-los numa garrafa. Depois de repousada poderá coloca-la num borrifador e aplicar na superfície que necessita de limpar, esfregando com uma esponja, Pode também utilizar esta “receita” para limpar azulejos.

VINAGRE BRANCO PARA TIRA MANCHAS DE ÁGUA DO VIDRO

Uma terceira opção: molhe a esponja no vinagre branco e passe no vidro, você verá o brilho.

Tal como em cristal, também muitas vezes utilizamos taças de vidro. Para retirar as persistentes manchas, deixe as taças dentro de um recipiente com uma mistura de água, detergente e algumas gotas de amoníaco de um dia para o outro.

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

3 erros na escolha de portas e janela

Na construção civil, todo cuidado é pouco na hora de escolher os materiais que serão comprados. Mesmo no planejamento é necessário levar em consideração o correto uso de portas e janelas, por exemplo. Que são itens que podem apresentar problemas de usabilidade de mal feito. Veja abaixo 7 erros que você poderia incorrer na escolha de portas e janelas, mas poderá evitá-los.

1. Evite produtos muito baratos

Comprar portas e janelas baseado apenas no preço baixo pode ser o primeiro e mais primário erro que você pode cometer. As consequências podem ser graves e levar a um desconforto na hora de usá-los. Portas ou janelas que emperram na abertura, cupins, empenamento, infiltração de água, ferrugem e outros problemas podem ser as consequências.

Na construção da minha casa, eu tentei comprar uma porta barata para a entrada, mas não deu certo. Antes mesmo de colocar surgiram bolhas e ela teve de ser inutilizada (imagem abaixo). Ficou mais caro, por que além do que eu já tinha pago nela, tive que comprar outra, perder tempo e ter dor de cabeça.

Porta com defeito

2. Janela de vidro ou material opaco

Está na moda o uso do vidro, especialmente em janelas. Muitos tem optado por colocar janelas de vidro ou blindex nos quartos. Mas cuidado com esta escolha, pois ela pode ser um problema. O vidro é transparente e vai passar muita claridade a noite para dentro do quarto, mesmo com o uso de cortinas. Ainda assim considere que uma boa cortina que corte a luz e especialmente os raios ultravioletas do sol pode custar caro.

O uso de janelas de vidro é muito indicado para sala, escritórios, cozinha ou corredor, mas para dormitórios não sei se é a melhor opção.

Contudo é preciso ficar muito atento a questão da vedação em janelas de vidro, pois em muitos casos ela não é boa e não é incomum encontrarmos problemas de entrada de água por falta de uma boa vedação.

3. Tamanho da janela

Atente para o tamanho da janela e para isto considere o espaço de parede, tamanho do quarto e posição da mesma. Quartos muitos grandes com janelas pequenas podem ser esteticamente desagradável, bem como não promover a iluminação e ventilação necessária.

As medidas mais comuns para dormitórios são:

  • 1,00 x 1,50
  • 1,00 x 2,00
  • 1,00 x 1,20
  • 1,20 x 1,50
  • 1,20 x 2,00
  • 1,20 x 0,50

Para sala, cozinha, banheiro ou corredor é mais comuns as seguintes medidas:

  • 1,00 x 1,50
  • 1,00 x 2,00
  • 1,00 x 1,20
  • 1,20 x 1,50
  • 1,20 x 2,00
  • 0,60 x 0,80
  • 0,50 x 0,50
  • 0,40 x 0,60
  • 0,60 x 0,60

Fonte: CasaDicas

por klauzer17@ klauzer17@ Nenhum comentário

Decoração com divisórias em vidro

Usar divisórias de vidro funciona?

Que tal inovar sua decoração com uma divisão ou porta de vidro? Afinal, uma porta também dá charme e personalização em um ambiente, mas, claro, desde que você saiba como explorar o potencial do material, sem comprometer a privacidade em determinados dos ambientes. A peça pode ser usada em qualquer área da sua casa, pois oferece luz natural!

O vidro é uma matéria prima versátil – pode estar na fachada de um prédio suntuoso, numa taça de vinho, numa luminária de formas ousadas ou até compondo um aparador inteiro. Mesmo fazendo parte do dia a dia, ele não perde a sofisticação e se encaixa em qualquer estilo de décor. E nada melhor que uma decoração com transparência e amplitude.

Banheiros modernos por MimasisDesign [ミメイシスデザイン]

Divisórias de vidro

As divisórias de vidro conferem amplitude e luminosidade para o ambiente. Você pode usá-las para separar a sala de jantar da sala de estar, por exemplo. Para aumentar a privacidade, quando necessário, basta incluir cortinas no projeto de decoração.

A ideia também pode ser usada em escritório, ou seja, você pode criar um espaço com salas de reuniões e escritórios com divisórias de vidro é uma maneira de deixar o local mais amplo, agradável e até de melhorar a comunicação entre os funcionários da organização.

Leia outras matérias aqui

Que tipo de material escolher?

Escolhido o modelo de porta de vidro mais adequado para você, é preciso escolher o tipo de vidro a ser usado na fabricação. A matéria-prima passa por um alto aquecimento e depois sofre um choque térmico. Isso faz com que ele tenha uma resistência muito maior do que o vidro comum. Sem falar na segurança: ao ser quebrado, é estilhaçado em vários pedaços arredondados, o que previne machucar quem estiver por perto.

As portas de vidro são produzidas com material resistente, oferecendo segurança e durabilidade.

Ambiente iluminado

Casa - Praia de Tabatinga: Salas de jantar modernas por Hurban Liv Arquitetura & Interiores

As portas de vidro são capazes de inovar o visual da decoração, compondo ambientes modernos e sofisticados. O material por si só já possui uma elegância, e consegue reformular a proposta de decoração.

O vidro pode ser explorado na decoração de diversas maneiras, conseguindo sempre acrescentar traços sofisticados aos espaços. A principal característica do material é sua transparência, que ajuda a aproveitar a luz natural e torna os ambientes mais suaves, iluminados e amplos.

Fonte:homefy.com.br

Top