Vidro Temperado x Vidro Laminado: Como escolher?

por klauzer17@

Vidro Temperado x Vidro Laminado: Como escolher?

por klauzer17@

por klauzer17@

Conheça as características de cada um

Em tempos de economia de energia, especialmente no que se refere ao aproveitamento da luz natural nos projetos de decoração, o vidro de segurança tem ampliado as suas possibilidades para bem além do seu uso convencional que se restringia a boxes de banheiros ou portas divisórias.

Muito importante antes de fazer uma reforma ou adquirir um imóvel, saber se os vidros especificados são adequados ao respectivo uso. As normas técnicas que indicam o uso de cada tipo de vidro é a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), através da NBR 7199, mas neste post vamos ter um resumo das indicações para os vidros de segurança dos tipos: vidro temperado e vidro laminado.

VIDRO TEMPERADO
Nosso velho conhecido, muito usado principalmente nos boxes de banheiros e varandas de edifícios de apartamentos. Apesar do vidro temperado ser muito resistente, e a vantagem de quebrar em pequenos estilhaços arredondados é importante o cuidado diário com batidas e movimentos bruscos.
  • Composição:  vidro temperado é o vidro monolítico (comum) que passou por um tratamento térmico, na chamada têmpera, para modificar as suas características. O resultado é um vidro mais rígido e com maior resistência térmica do que o vidro não temperado.
  • Indicação: sacadas, divisão de ambientes, box de banheiros, varandas, fechamento de áreas, vitrines, portas, etc.
  • Vantagens: além de mais resistente a impactos, quando quebrado o vidro temperado se estilhaça em pequenos fragmentos, sem deixar cacos pontiagudos.
  •  Importante saber: O vidro temperado demanda cuidados no momento da encomenda: após o processo da têmpera, o vidro não pode ser cortado ou furado.

VIDRO LAMINADO

O vidro laminado é um vidro de segurança, que consiste em lâminas de vidro com uma ou mais camadas de película adesiva, evitando pedaços soltos. Além disso amplia a variedade de cores, pois esta pode ser aplicada diretamente na película intermediária.

  • Composição: composto por uma ou mais placas de vidros, que são unidas por camadas intermediárias de EVA (Etileno-Vinil-Acetato). É possível desenvolver peças de até 30mm;
  • Indicação: divisórias, portas, janelas, para-brisas de carro, vitrines, sacadas, guarda-corpos, pisos, degraus, fachadas, claraboias e coberturas.
  • Vantagens: o vidro laminado proporciona maior segurança porque quando quebrado, ele mantém os estilhaços juntos. Além de conforto termo-acústico e até proteção a raios solares.
Top